Github

Você conhece a dojot?

A dojot nasceu com o objetivo de desenvolver e demonstrar tecnologias para as cidades inteligentes. Inicialmente com foco nos pilares de segurança pública, mobilidade urbana e saúde, pretende construir um ecossistema multidisciplinar nessas áreas.

É uma plataforma brasileira que surgiu com uma proposta open source, para facilitar o desenvolvimento de soluções e o ecossistema IoT com conteúdo local voltado às necessidades brasileiras, assumindo um papel habilitador com:

  • APIs abertas tornando o acesso fácil das aplicações aos recursos da plataforma;
  • Armazenamento de grandes volumes de dados em diferentes formatos;
  • Conexão e coleta de dados de dispositivos;
  • Construção de fluxos de dados e regras de forma visual, permitindo a rápida prototipação e validação de cenários de aplicações IoT;
  • Processamento de eventos em tempo real aplicando regras definidas pelo desenvolvedor.

A base da dojot é o Fiware, projeto também open source, comprometido com a construção de um ecossistema aberto e sustentável em torno de padrões abertos, destinados a facilitar a criação de aplicações em diversos segmentos.

Qual a origem e objetivos dessa plataforma?

A plataforma é resultado do projeto “Plataforma Aberta para IoT e suas Aplicações”, que conta com o apoio do FUNTTEL, do MCTIC, via Finep e é conduzido pelo CPqD, seu principal executor, em parceria com outras instituições de ciência e tecnologia: Instituto Atlântico, Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), Fundação de Apoio à Capacitação em Tecnologia da Informação (FACTI) e Universidade Federal do Ceará.

Com código aberto, está posicionada para ser habilitadora e facilitar o desenvolvimento das soluções IoT. Além disso, a plataforma visa disponibilizar a toda uma comunidade as contribuições advindas de sua evolução e aperfeiçoamento.

Afinal, essa é a ideia da plataforma aberta:
constante desenvolvimento e evolução!

Manifesto dojot

 

Entre para a comunidade dojot